Você está aqui: Página Principal | Notícias | Nota oficial

Nota oficial

A  Abanorte - Associação Central dos Fruticultores do Norte Minas, a pedido dos produtores associados, inicialmente apoiou a greve dos caminhoneiros, mas entende que já chegou o momento de reestabelecer a ordem na regularização do transporte.

Os produtores rurais têm sido drasticamente penalizados em função da impossibilidade de transportar as cargas de frutas produzidas na região. O diretor tesoureiro da Abanorte, Vicente de Paula Pereira Silva afirma “a situação não pode continuar. O prejuízo acumulado ao longo destes nove dias é de R$21.600.000,00, o que já inviabiliza a manutenção dos mais de 60.000 postos de trabalho na região, bem como a própria atividade agropecuária e afeta toda a economia regional”.

A entidade reuniu a diretoria e entidades associadas na manhã de hoje, 29 de maio, para arrematar as estratégias que estavam sendo estudadas para amenizar o prejuízo causado pela paralisação. A Abanorte solicitou o apoio da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar para garantir em caráter de urgência, a passagem dos caminhões com as cargas das frutas do Norte de Minas, nas barreiras impedidas e a segurança mesmas, devidamente identificadas como alimento ou produtos perecíveis, bem como a segurança dos condutores, para transpor as barreiras impostas pelas manifestações ao longo das seguintes rodovias: MG122 em toda a sua extensão; MGC401; BR251; BR135; BR365; BR040; e BR381.Também foram acionados a Secretaria de Defesa, a FAEMG, a CNA, a SEAPA e FPA para intervirem, visando o reestabelecimento da logística e escoamento da produção regional até o seu destino.“A entidade usará toda sua influência para buscar soluções visando defender os seus associados”, afirma o presidente Saulo Bresinski Lage .

Semanalmente, saem do Norte de Minas cerca de 700 cargas de 12 toneladas de frutas que abastecem os principais centros consumidores do país, que geram receita da ordem de R$2.400.000,00 diariamente, além dos inúmeros postos de trabalho diretos e indiretos.

A Abanorte no exercício da missão de promover a cadeia produtiva da fruticultura no Norte de Minas representa 2.500 fruticultores. Entre os associados estão 25 associações, cooperativas e empresas ligadas ao agronegócio, que em muito tem contribuído para o desenvolvimento regional.

 

Saulo Bresinski Lage

Presidente da Abanorte 

29 de maio de 2018

Abanorte

Associação Central dos Fruticultores do Norte de Minas

Rua São Pedro, 236, Janaúba - MG, 39440-000 Contato:(38) 3821-2936


Copyright © 2016 ABANORTE - Todos os direitos reservados